Os carros do Sudoeste foram

atacados pelo pó

Photojournalism, Report, Photography

Estes carros precisam de ajuda: foram atacados pelo pó do Sudoeste, um daqueles males que se repete todos os anos. Há os que perdem o pudor e escrevem (limpam?) mesmo "S.O.S.". Há os já típicos números de telefone, corações e mensagens da Nossa Senhora. Em 2013 houve, até, uma espécie de "stencil" no pó, acção de marketing que pensou no denominador comum do festival — o pó, pois claro. O fotógrafo Miguel Oliveira, em trabalho no Sudoeste, decidiu correr o parque de estacionamento de uma ponta à outra, durante várias horas. - Ana Maria Henriques

Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel
Os_carros_do_sudoeste_foram_atacados_pel

Miguel Oliveira Photographer™

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon