Das Tendas Para o Mundo-8_Site.jpg

Das Tendas
Para O Mundo

 P3 || Das Tendas Para O Mundo

A tenda também é isso, o nosso reflexo durante um festival de Verão. Com sacos-cama, sacos de guitarra e sacos do supermercado. Com escovas de dentes, garrafões de água e garrafas de Gin. Com latas de salsichas e com literatura ("Memorial do Convento", de José Saramago, "Windhaven", George R. R. Martin e Lisa Tuttle, "Bem-Aventurados os Que Ousam!", de Isabel Abecassis Empis...). O fotógrafo Miguel Oliveira, de 22 anos, acampou em 2008 no Alive e repetiu a dose em 2011 no Milhões de Festa e no Sudoeste. Desta vez, em Paredes de Coura, ficou com um tecto (trabalhou para o Canal 180 e para o Porto24), mas passou muito tempo no acampamento, onde deu início a um projecto pessoal: fotografar o mundo lá fora, mas na perspectiva de quem circunstancialmente vive no interior das tendas. "Entra, entra, mas olha que está um bocado desarrumada". - Ana Maria Henriques